quinta-feira, 25 de outubro de 2007

Nosso Povo, Nossa Gente



Foto: Simone Carboni

Nov/1991
O povo brasileiro é alegre, extrovertido, afável. Que o digam os inúmeros estrangeiros que aqui se aportam.
Agora mesmo, nesta hora, em que o País vive um dos momentos mais decisivos de sua história, o nosso povo, não está nem aí.
Enquanto nossos ilustres constituintes estão debatendo a nossa Constituição, quebrando a cabeça com tantas emendas,( li que já são quinhentas) sem chegar a nada, o povo está preocupado com o Carnaval que se aproxima.
Pensando bem, até que há uma razão para isso.
Já pensou, perder tempo em saber qual o partido que terá mais representantes, um querendo sobrepor o outro, quem vai redigir a Carta, se tem ou não competência, que atração tem? O melhor mesmo é cair no samba.
Para os nossos dignos constituintes, este é o momento propício para suas entabulações. Sentem-se mais à vontade, sem ter ninguém para atrapalhá-los e podem rezar o "Pai Nosso" só até onde diz: " Venha a nós o Vosso Reino".
Enquanto isso, o povo curte a chegada do rei Momo. O nosso povo gosta de levar a vida cantando. é igual a Lili daquele filme.
Mas o carnaval acaba e então ele sente na pele os apertos da vida. Mas não se desespera. Deus é grande, é brasileiro...Se Deus quiser tudo vai dar certo...
De repente ele percebe que foi enganado. Há corrupção nas nossas instituições. Mas não se aflige não.
Revoltar-se para quê? A vida é tão curta e é preciso vivê-la em toda plenitude. O melhor é levar na esportiva e cantar: " Se gritar: Pega ladrão.Não fica um, meu irmão".
Através da música , ele se acha vingado.
Meu povo, minha gente.

VOVÓ GUITA

27 comentários:

Viktor Zanini disse...

bóóóó
mtas coisas no seu blog :D
Gostei :pppp

moredownloads disse...

muito legal os textos sobre nós brasileiros =)

-Reserva- disse...

Um belo relato do que nos tornamos. Alienados e nem ai p/ o que ocorre...

Chuveiro disse...

O pior q isso não mudou. Dezesseis anos depois continua praticamnete tudo a mesma coisa:carnaval, políticos, povo........

http://cotidianodeumchuveiro.blogspot.com/

Stefanelli 2000 disse...

muito bonito seu blog,,,parabens

-Reserva- disse...

Como diz a música:
"Carnaval...futebol..joga as mãos p/ cima e bla bla bla"

Nos desligamos valendo do país.

Natalia Régia disse...

Lindo o seu blog viu?Parabéns!!
de uma certa maneira vc tem razão,nosso povo é alegre,tudo vira festa!
mas até que ponto isso não vira descaso?
sou meio suspeita pra falr prque eu adoro festa,as pensando racionalmente..
:*

Derikito :) disse...

oba!! um blog de uma brasileira que realmente gosta do seu país! =)
adorei seus textos sobre o brasil!

bjoos

Derikito :) disse...

oba!! um blog de uma brasileira que realmente gosta do seu país! =)
adorei seus textos sobre o brasil!

bjoos

Derikito :) disse...

oba!! um blog de uma brasileira que realmente gosta do seu país! =)
adorei seus textos sobre o brasil!

bjoos

mimi disse...

poxa tinha até esquecido da constituição, mal se fala nisso. mais uma coisa é certa os brasileiros são festeiros e nada pode tirar a alegria de curti uma festa. e canarval então nem se fala. hhehehe.

Zanfa disse...

E é assim que as pessoas deveriam levar a vida, mas as vezes é quase impossível esquecer de tudo e cantar. =/

Os melhores sites PTC disse...

bela música

Lindo seu blog

abraço!

Margareth disse...

o povo é assim msmo...
afinal... falta qntos meses pra carnaval???

ahushaushuahs

mto bom os textos! Parabéns!

Juliêta Garcia disse...

nhaaaa.. consciêntização política antes do carnaval!
hauish²³
;*

Rafael Filho disse...

Pois é, a característica principal do brasileiro e ser alegre e festeiro isso não tem como tirar de nós,adorei o texto sobre os brasileiros.

MaxReinert disse...

pois é... 16 anos se passarm e tem gente que ainda comenta: somos um povo alegre!!!;;;;

só falta completar: e burro!!!!!!!!!

Reverendo FerAuZ disse...

Devemos ser um povo alegre mesmo.
Confirmando minha teoria que a alegria aliena, so os insatisfeitos tem tempo para lutar e buscar melhorar as coisas.

Achei muito bonita sua atitude de fazer um blog em homenagem a sua avó.
Keria ter uma chance de conhece la, mas com não tenho agradeço a vc por colocar aki as ideias escritas dela.


Bjuz pra ti!!

[?] disse...

Nosso povo nunca foi muito afeito à fiscalização ou ao acompanhamento assíduo de questões políticas. Não só em relação a constituição de 1988. Prova disso é q 3 das cosntiruições que já tivemos foram outorgadas, isso é, impostas sem q houvesse qualquer consulta popular a respeito.
Mas além da nossa tradição, há outra coisa que também explica essa característica tupiniquim: estamos acostumados a esperar q o Estado resolva td! Nós ainda não saimos da idade média. Nossa cosnciência política ainda liga a imagem do governante ao poder divino. Somos todos sebastianistas ainda.
Logo, a tendência é sempre se afastar das questões políticas, afinal, "isso não é coisa pa pobre", isso é coisa só pra "eles" lá longe, akeles nos quais votamos e nem sequer lembramos o nome depois...

porrete news disse...

adorei o seu blog
a musik de fundo e otima
o texto tbm e muito bom!

Bernardo Lima disse...

pra esquecer os problemas só mesmo com samba e copa do mundo...
infelizmente é assim...
bj

Everaldo Ygor disse...

Otimo Blog, fotos belas e textos existenciais...
Nostalgico...
Para os nossos dias...
Abraços
Everaldo Ygor
http://outrasandancas.blogspot.com/

César Fernández disse...

vovó guita é show de bola :D

Fátima disse...

Que lindo texto!!!
Adorei!!!
Realista e ao mesmo tempo sensível!
Beijus Si e um ótimo dia.

Nilza disse...

Nossa! Parece que foi ontem, ou ainda o é hoje? Não muda. Os anos passam e só mudam os nomes. Nossa Constituição hoje é uma linda colcha de retalhos e será que sabemos onde começa? Pq onde termina jamais saberemos...

Bom domingo
Beijos

papirosujo disse...

si, incrivel a profundidade da vovó... incrivel...

um beijo no coração

Dragus disse...

O triste é ver que esse texto continua atual... Que a realidade política não mudou e que na verdade, apenas piorou.

Tenho medo de termos uma próxima constituinte e nada disso mudar, apenas piorar mais.

E o povo sempre está mais preocupado com coisas mundanas, não com o que os afete.